Green Day – Revolution Radio | Crítica

0

Na minha humilde opinião o álbum ficou muito bom, volto um pouco o estilo deles, mas não tem nenhuma música marcante igual na década de 90.

green_day-header_ncdgsba

Banda presta homenagem aos seus bons tempos e acerta em novo disco

Quatro anos após a ambiciosa trilogia ¡Uno! ¡Dos! ¡Tré! – devido aos problemas pessoais de Billy Joe Armstrong, envolvendo drogas e reabilitação – o Green Day volta à boa forma em Revolution Radio.

Em meio ao caos que se tornou o dia a dia da banda nestes últimos anos, a única opção que sobrou para o Green Day foi parar, respirar e colocar o trem de volta nos trilhos. Deu certo. ¡Uno! ¡Dos! ¡Tré! foi um projeto ousado e super conceitual, mas por outro lado faltava foco e tesão nas músicas.

Agora, em Revolution Radio, eles apostam novamente num som mais básico, onde as músicas brilham individualmente e não precisam necessariamente fazer parte de uma grande história, tipo ficou um álbum muito bom mas na minha opinião faltou um som marcante, um só pra gritar na alma.

“Bang Bang” e “Troubled Times” são pequenos grandes protestos ao mundo conturbado no qual vivemos, simples e diretas ao ponto: dinâmicas, bem construídas e eficientes. Rock do bom, puro e empolgante.

O legal nisso, nota-se a energia dos velhos tempos nas novas músicas. “Say Goodbye” e “Youngblood”, por exemplo, são cheias de energia e peso, mas trazem uma leveza e aquela sensação boa de querer cantar junto, berrando com eles os refrões grudentos (no bom sentido) que ficam gravados na sua cabeça depois que o disco termina.

E as grandes baladas também não ficaram de fora. “Ordinary World” tem tudo para virar um dos próximos hits do Green Day, com aquela sofisticação melódica que eles vinham esbanjando desdeAmerican Idiot.

Revolution Radio soa bem porque é o trabalho mais espontâneo do Green Day em anos. Dá pra perceber que eles estão tentando um pouco menos. E, assim, conseguindo mais. É como um tributo da banda para ela mesma. E, nessa altura do campeonato, mais do que merecido.

Recentemente o Green Day apresentou “Bang Bang” no Jimmy Fallon e divulgou o clipe de “Youngblood”

 

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of