6 técnicas para proteger sua loja virtual em WordPress3 min read

0
Reading Time: 2 minutes

A criação de loja virtual em WordPress deve ser feita desde o início seguindo algumas normas de segurança. Neste artigo vamos mostrar as principais técnicas para proteger sua loja virtual em WordPress de ser invadida por hackers e spammers.

1. Ative a autenticação de dois fatores (2FA)

2FA é talvez a maneira mais fácil de deixar sua loja virtual em WordPress mais segura. Todas as contas de usuários devem ter um processo de autenticação em duas etapas antes de conceder o acesso.

As informações de login como nome de usuário e senhas podem ser facilmente descobertas por hackers, mas o segundo passo de validação de sua tentativa de login dá à conta uma camada extra de segurança.

Atualmente, alguns aplicativos tornam o 2FA mais fácil de gerenciar para todas as contas de usuário de um site.

2. Limite as tentativas de login

A maioria dos hackers recorre a ataques de força bruta para invadir sua loja virtual. Isso envolve adivinhar de forma aleatória seu login e senha e tentar fazer a combinação correta.

A maioria dos plugins de segurança terá o recurso onde as tentativas de login permitidas podem ser especificadas. Além disso, muitos plugins são desenvolvidos especificamente para restringir as tentativas de login, por exemplo, o Loginizer.

3. Use gateways de pagamento seguros

Os gateways de pagamento são uma característica importante das lojas virtuais. Este serviço é fornecido por um comerciante online (um banco ou um terceiro) que permite a transferência de dinheiro de uma conta para outra.

Ao escolher o provedor de serviços para um gateway de pagamento, deve ter certeza que sejam confiáveis ​​e com uma boa reputação no mercado.

4. Não use um tema gratuito

Na hora de criar a loja virtual, é fácil ficar tentado a usar alguns temas gratuitos oferecidos pelo WordPress. Apesar de os temas gratuitos atenderem as diretrizes de segurança básicas e serem seguros de forma geral, os recursos de segurança são mais rigorosos para os temas pagos.

Assim, para ter uma segurança realmente efetiva a longo prazo é aconselhável optar por temas premium que vêm com benefícios de segurança adicionais e atualizações mais freqüentes e regulares.

5. Adicione Secure Socket Layer (SSL)

O SSL é um recurso de segurança que permite a comunicação entre um servidor de site e um navegador de internet para que os dados trocados entre os dois permaneçam escondidos de terceiros.

Vários navegadores, como o Google Chrome, marcam sites não criptografados SSL como inseguros, diminuindo assim sua credibilidade para potenciais clientes. Além disso, o Google está cada vez mais rígido em relação a implementação do SSL como fator de ranqueamento.

6. Faça backups regulares

Além dos pontos acima, é essencial que você tenha como hábito preparar backups com freqüência.No caso de seu site ser invadido ou mesmo que ele quebre pela falta de atualizações, o último backup ajudará a repor o site até seu estado original.

Ter múltiplas cópias do backup evitam a probabilidade de falha de upload de um local. Existem plugins disponíveis para automatizar o backup. Exemplos incluem o Updraft Plus , BackUpWordPress , BackWPup etc.

 

Espero que gostem das dicas ou tem algum plugin ou alguma dica que estão usando? comente ai \o um beijo e um abraço e destilem suas idéias sempre. tmj galera abraço. post. parceria UpSites recomendo, post escrito por Caio Nogueira.

 

Leave A Reply