Casal mostra que ter filhos não impede ninguém de viajar e ser feliz

0

Algumas pessoas acreditam que devem viajar e curtir a vida antes de se casar e ter filhos, pois pensam que depois é impossível se divertir. Isso é baseado em alguns depoimentos de pessoas que tiveram experiências ruins no casamento ou com a vinda dos filhos.

Porém, há quem relate histórias totalmente diferentes. Assim como alguns acham que a vida sozinho é melhor, há quem pense que a vida a dois pode ser mais prazerosa, inclusive quando se tem filhos com a pessoa que ama.

View this post on Instagram

After having to go back to the house, not once but twice as we did our “I thought you grabbed it” ritual 😕 we were happy to have finally arrived at our destination . Kade surprised us and kept his shoes and sock on for a whole 30 seconds before completely submerging his body into the sand. I started to say something “mom” like, but stopped and ask if he needed help getting his socks off instead and then suggested that we race up the hill . I was of course winning until he pulled out a fake cry to distract me and basically threw sand in my face as he passed me 😑 . You can’t tell by Blake’s face, but he learned to love the “getting dirty” part . A FULL 12 hours of play. It was a good day. #WeArentKidsAnymore 😕 ↟ ↟ ↟ ↟ #radgirlslife #outdoorwomen #WildernessBabes #AndShesDopeToo #AlbertaAdventureGirls #WonderfulWildWomen #LikeAMountainGirl #MountainGirls #watchthemgrow #momlifeisthebest #goadventuretogether

A post shared by V A N T H U Y N E ↟ (@vanthuynee) on

Uma canadense chamada Tanya Vanthuyne acha que é totalmente possível desfrutar a vida e viajar com o marido e filhos. Ela viaja por todo o Canadá com seus dois filhos pequenos. Kade, uma menina de 6 anos de idade e Blake, um bebê de 2 anos.

Em seu perfil no Instagram há diversas fotos de suas viagens em família, mostrando que é perfeitamente possível viajar em harmonia com crianças pequenas. O egoísmo e individualismo da sociedade moderna prega que o melhor é viver para si, e doar tempo para o outro seria algo desgastante e frustrante.

View this post on Instagram

“Dad’s home TODAY!!” – Kade and Blake . Trent was gone for less than 24 hours and Kade was already pulling out his shoes, calling me over, pointing at them and then saying “daaadd”. But as the days went on Kade got more creative…he would take me to our bedroom and pat Trent’s pillow while saying “daaaaddd”. Then would point to a photo of Trent in a picture frame and say “daaddd” ☹️ . 5 days later and we’ve reached a day that’s more exciting than Christmas 💁🏼‍♀️ ↟ ↟ ↟ ↟ #GoPro #explorealberta #rei #adventureculture #roamtheplanet #earthcapture #welivetoexplore #liveauthentic #ventureout #briskoutdoors #thegreatoutdoors #takeahike #keepexploring #humanpoweradventures #letsgosomewhere #mytinyatlas #takethetrail #campvibes #adventureanywhere #getoutdoors #lovethewild

A post shared by V A N T H U Y N E ↟ (@vanthuynee) on

A família de Tanya pensa diferente. Eles acreditam que doar um tempo para cuidar do outro e desfrutar momentos juntos podem trazer experiências muito mais significativas. O fato de estarem juntos permitem que construam laços mais fortes e uma sensação de pertencer a um grupo que o apoiará em qualquer momento.

A experiência desse casal faz com que muitas pessoas repensem o modelo individualista de vida, resgatando valores antigos de cumplicidade e amor ao próximo, despertando bondade, união, amor e toda a estrutura que somente uma família pode oferecer. O segredo é valorizar o lado bom que cada pessoa pode oferecer, deixar o egoísmo de lado.

 

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of