Tudo que você não resolver na sua vida e mente vira tristeza e o teu corpo vai transformar em doença

Ariston Simon
Read Time3 Minutes, 24 Seconds

Tudo que você não resolver na sua vida e mente, o teu corpo vai transformar em doença. É comprovado cientificamente que tristeza e baixa auto estima vira conflitos psíquicos, começa achar que está tudo errado e isso refleti no seu trabalho, namoro, casamento tudo.

Como qualquer moleque que foi criado de um jeito doido, vou ter que mandar o papo reto pra vocês, a verdade é que quando você se contentam com pouco, com serviço ruim, ambiente negativo, com pessoas que não dão 100% pra você, ao fazer isso você sem perceber esta fudendo com força sua mente e isso uma hora vai refletir no seu corpo e sua auto estima, isso zua os seus órgãos, alguns deles para de gerar algumas vitaminas que relaxam e ajudam o nosso corpo, gerando altos problemas psicossomáticos.

Todos nós sabemos, ou deveríamos saber, que quaisquer tipos de sentimentos e pensamentos negativos, situações mal resolvidas ou palavras não ditas, até os “foda se” não ditos, geram problemas ainda maiores do que somente o stress. Hoje em dia, já está comprovado a total influência mental e emocional no teu estado de saúde.

Sabemos que obviamente esse não é o único o fator, porém não podemos negar que ao se abalar com algo que aconteceu na sua vida, além de simplesmente aceitar, que a vida não é do jeito que quero, uma hora isso vai refletir no seu corpo.

Por isso médicos sempre recomendam caminhada e exercícios físicos, para gerar endorfinas necessárias para o corpo (qualquer peptídeo de um grupo de proteínas de grande poder analgésico que estão presentes em estado natural no cérebro; endomorfina). Essas que por si evitam stress acumulado, preocupações, sentimentos negativos, enfim, tudo o que não deve te pertencer. Isso gera complicações de saúde que se manifestam ao nível físico.

Apesar de mudar de pessoa para pessoa, a manifestação corporal de problemas psíquicos é explicada cientificamente. Raiva, paixão, tristeza, medo e uma série de emoções causam alterações no organismo, liberando ou inibindo a produção de substâncias, como adrenalina, cortisol e serotonina.

Quando a pessoa fica durante muito tempo submetido a uma situação diferente, ela desencadeia mudanças no sistema nervoso autónomo, responsável pelos batimentos cardíacos, pela temperatura corporal, pela digestão e pela respiração. Além disso, provoca mudanças no sistema endocrinológico, que produz uma série de hotmonas, e no sistema imunológico, responsável pela defesa do organismo. Achou que e não ia falar da parte séria? Vai tom no seu cu, isso é coisa séria, se cuide, durma bem, transe, de risada se divirta, antes que seja tarde e você precise ler um post bosta como esse e se inscrever la no meu canal hehe, brinks se inscreve la Destilamente Ariston

De certa forma essa tristeza bagunça seu corpo começa e os sintomas aparecerem o local escolhido depende da herança genética e racial de cada pessoa. “O indivíduo tende a acumular tensões nas áreas do corpo que já estão mais fragilizadas ou já tiveram um problema no passado. Depende das reações e da composição física de cada pessoa”, afirma o Dr. Leonard Varea.

Então faz uma limpeza no teu “lixo” interior, livra-te do que pode te trazer danos maiores. Ama-te e resolve-te contigo mesmo para que o teu corpo e a tua mente não criem problemas e te tragam possíveis novas doenças. Falo isso por experiencia própria já tomo remédio a um ano se fico 3 dias sem tomar me sinto um lixo, então confia no pai. Tamo junto forte abraço a todos. Ariston Simão – Destilamente

Se puder confira o vídeo abaixo vai ajudar muito e se inscreva no canal, abração

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of
Next Post

Sol está diferente hoje mais fraco essa atividade nunca vista antes intriga cientistas do mundo todo

Não se sabe o que, mas algo estranho se passa com o nosso Sol, um fenômeno que os cientistas admitem não entender completamente. Richard Harrison, diretor de física espacial do Laboratório Rutherford Appleton, em Oxfordshire, na Inglaterra, disse […]